Ballmer defende abertura para competir com a Apple

Negócios
mjasay escreve:

“Durante o Mobile World Congress, Steve Ballmer se concentrou no ecosistema fechado do iPhone da Apple com um apelo irônico por abertura: ‘Abertura é central por que é o fundamento da escolha.’ Ballmer aparentemente esqueceu dos esfoços de sua própria empresa para integrar verticalmente hardware e software (Zune, XBox), seu hitórico de integração vertical de software (amarrando o SharePoint ao Office, IE, SQL Server, Active Directoru, etc.) além dos anos amarrando o Windows ao Internet Explorer que apenas o Departamento de Justiça Americano pode desfazer. Ainda, o efeito da Microsfot no mercado de navegadores fez com que a Mozilla se involvesse em uma recente ação da Comissão Européia contra a gigante de software, com Mitchell Baker da Mozzilla recentemente declarando ‘Algumas de atividades ilegais estão também envolvidas na criação do domínio de mercado do IE,’ agora obrigando uma intervensão governamental para a abertura do mercado de navegadores para competissão justa. Colocando de lado a reputação da própria Microsoft no campo da abertura, Ballmer está certo? Deveria a Apple abrir a plataforma de seu iPhone para a competição externa, em ambos os termos hardware e software?”

fonte: slashdot.org

Anúncios

Eu sou um PC e eu tenho 4 anos e meio

Microsoft
“O comercial do novo Windows da Microsoft fez sua estréia durante o Grammy Awards no último domingo. Estrelado o comercial um adorável garotinho de 4 anos chamado Kylie (necessário Silverlight) mostrando como é fácil usar o Windows Live Photo Gallery para editar e compartilhar fotos. É impressionante que o pequeno Kylie consegue transferir uma foto de seu peixinho de estimação da câmera para o PC, corrigir as cores e enviar por e-mail, mas o que é realmente impressionante é que o garotinho (4 anos), aparentemente leu, entendeu e aceitou o termo de uso e a política de privacidade do Windows Live. (mas menores não podem legalmente executar contratos, podem?)”

fonte: slashdot.org

O design ruim do MS Fix-It

Windows
Curioso sobre o MS Fix It, $luggo recentemente foi a caça de artigos sobre o novo EZ-button na base de conhecimentos da Microsoft. Após localizar alguns, ele decidiu clicar no botão para baixar o pacote de instalação da Microsoft contendo o executável e/ou arquivos que automaticamente habilitassem a funcionalidade de biblioteca de DVD do Windows Vista Home Premium e Ultimate – no XP Media Center dele. ‘Certamente MS usará algum script, sniffer de HTTP User-Agent, ou até validação Genuine Windows para verificar que ele estava rodando Vista’, ele pensou. Ela (MS) não o fez, e ele cancelou o download quando recebeu a pergunta para salvar o arquivo. Então, ele se questionou: Existe um Fix-It para o Fix-It? Por que ele poderia simplesmente imaginar alguém fazendo o que ele tinha feito sem dar rolar a página até o fim do artigo da base de conhecimento e verificando que o artigo se aplicava ao seu sistema operacional e versão. Isto é um grande exemplo de design ruim. Porque não simplesmente usar a abordagem de download que outros artigos / correções / atualizações usam, onde o usuário deve selecionar o sistema operacional adequado.

fonte: slashdot

Google Earth 5 silenciosamente troca polícita de atualização

Google
“Recentemente anunciado o Google Earth versão 5.0 inclui novas funcionalidades interessantes, como imagens do fundo dos oceanos e algumas imagens detalhadas de marte. Mas ele também traz outra mudança não bem vinda para os usuários do Mac OS X. O software do google atualiza o daemon instalado quando a aplicação é lançada pela primeira vez. O usuário é recebido com uma mensagem desinformativa que não explica o que está prestes a acontecer. Assim que o usuário aceita, o Google Update Agent é baixado e instalado. Ele atualiza todos os aplicativos google e não apenas o Google Earth. Ele também roda em um agendamento imutável dele mesmo (ao invés de, dizer, apenas quando um aplicativo google for disparado), consumindo recursos do sistema. Pior de tudo é que ele não pode ser simplesmente removido, desde que baixado e instalado novamente toda vez que o Google Earth é disparado. Usuários realmente tem duas escolhas: viver com isso ou desinstalar os aplicativos google. Há uma discussão a esse respeito no Google Group, incluindo detalhes de uma maneira de desabilitar. Então, será que o Google cruzou a linha?.”

fonte: slashdot

ESPN joga para provedores pagarem

O todo poderoso pila
Wired está relatando o plano de jogo da ESPN para extrair royaltes de todos os provedores de internet por uma “licença” para que seus usuários vejam vídeos da ESPN. Atualmente, de acordo com a ESPN, 40% dos internautas norte americanos conectam através de provedores os quais pagam a taxa (não divulgada); outros estão impossibilitados de ver o conteúdo.

“Isto é uma reversão do modelo utilizado pela mairia das empresas de banda larga que gostaria de cobrar empresas de conteúdo pela carga em suas linhas. Se outros provedores de vídeo como Hulu e HBO seguirem esta tendência, pode estar chegando o tempo quando você vai escolher seu serviço de internet baseado na seleção de contúdo que eles oferecem. Eventualmente, sites populares que não sejam de vídeo possam seguir essa moda. Imagine uma conversa futura sobre a escolha do serviço de banda larga: ‘Eu fui para o Comcast porque eles tem Yahoo.'”

fonte: slashdot

Utah esquenta um banco de dados de clientes de bar

Privacidade
Uma disputa policial em Utah, o qual não tem bares como o resto do país. Ao invés disso, “clubes privados”, exigem que você preencha um formulário e pague uma taxa se você quer tomar uma bebida fora de casa. Enquanto há pressão para reformular esse acordo – um argumento é que é ruim para o turismo – o senador do estado recentemente fez mensão de uma proposta de criar um banco de dados dos visitantes de cada bar. Agora o governador de Utah chama essa idéia de “quase Orwelliana,” adicionando “é muito difícil legislar os adultos,” e seus apoiadores parecem estar contra. A idéia de exigir que os frequentadores de bar deixem suas carteiras de motorista como proca de idade ainda está em discussão.

fonte: slashdot

Microsoft Caves, vão mudar o controle de contas de usuários no Windows 7

Segurança
“Reagindo à críticas intensas sobre uma funcionalidade importante no Windows 7, Microsoft hoje disse que irá mudar o comportamento do Controle de Contas de Usuários (UAC – User Account Control) no release candidate do Windows 7. No post de um blog, dois executivos da Microsoft reponsáveis pelo desenvolvimento do Windows, John DeVaan e Steven Sinofskv disseram ‘Nós vamos entregar duas mudanças no Release Candidadate que todos nós veremos. Primeiro, o painel de controle do UAC irá rodar como um processo de alta integridade, o qual necessita elevação. Segundo, a mudança no nível de UAC vai também exigir confirmação.’ Eles disseram que foram questionadas por retorno dos usuários, incluindo comentários em um post anterior na terça-feira de DeVann o qual defende as modificações que a Microsoft fez no UAC do Windows 7.”

fonte: slashdot